Cunha nega ter recebido doação ilegal e pede para voltar à CPI

    0
    182

    O deputado acusa o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de ter incluído seu nome na lista de pedidos de inquérito por interferência do governo.

    O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha, divulgou nota oficial no sábado (7), em seu site pessoal e em redes sociais, na qual nega ter recebido recursos desviados da Petrobras. “Fui à CPI da Petrobras, que aliás ajudei a criar, para me colocar à disposição para esclarecer. Vou pedir ao presidente para comparecer [novamente] visando detalhar vírgula a vírgula dessa indecente petição”, disse.

    Na nota, Cunha acusa o governo de ter negociado com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a inclusão do seu nome na lista das autoridades que deveriam ser investigadas. Ele argumenta que seu nome foi citado pelo doleiro Alberto Yousseff no mesmo depoimento em que este menciona o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), e na mesma situação – o doleiro teria ficando sabendo de pagamentos feitos por terceiros, mas não tinha provas. Assim, segundo o deputado, o procurador só poderia incluir o nome de Anastasia na lista se incluísse também o seu.

     

    Clique aqui e saiba mais…

    Fonte: Agência Câmara Notícias

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here