Favorito à Presidência da Câmara é citado nas investigações da PF e do MP

    0
    161

    Se for eleito, cargo permite a interferência nos processos de cassação de mandato

    Apontado pelo doleiro Alberto Youssef como um dos beneficiários do esquema de pagamento de propina com recursos da Petrobras, o líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ), pode comandar a Câmara dos Deputados, caso se confirme como o favorito dos parlamentares na eleição para a Mesa Diretora em fevereiro, em meio a investigações contra ele e cinco colegas. Além das apurações da Polícia Federal e do Ministério Público, o PSol, responsável pelo pedido de abertura de processo contra os deputados Luiz Argôlo (SDD-BA) e André Vargas (sem partido), no âmbito do Legislativo, se reúne nos próximos dias para avaliar a possibilidade de requerer contra os seis congressistas citados na Operação Lava-Jato.

     

    Clique aqui e saiba mais…

    Fonte: CB

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here