Ministro Cid Gomes ataca base aliada no Congresso: “larguem o osso”

    0
    310

    Após reafirmar ataques a deputados em plenário, o ministro deixou o governo; Eduardo Cunha anunciou a demissão de Gomes no fim da tarde

    Em meio ao clima tenso entre o governo da presidente Dilma Rousseff e a base, o ministro da Educação, Cid Gomes, reforçou no Plenário da Câmara dos Deputados que há entre 300 e 400 deputados “achacadores”, para quem “quanto pior, melhor”. Ele dirigiu as críticas à base e chegou a apontar para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, ao se referir a parlamentares que deveriam apoiar o Executivo. “Partidos de situação têm o dever de ser situação ou então ‘larguem o osso’, saiam do governo, vão para a oposição”, afirmou. No final da tarde, Cunha anunciou a demissão de Cid Gomes, após ser comunicado por Aloizio Mercadante.

     

    Clique aqui e saiba mais…

    Fonte: CB

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here