Planalto teme que Cerveró revele novos detalhes sobre esquema de corrupção

    0
    200

    Ex-diretor Internacional da Petrobras foi preso na madrugada de ontem, quando desembarcava no Rio de Janeiro

    Apontado como o grande responsável pelo “projeto falho” que embasou a decisão da presidente Dilma Rousseff na compra da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), em 2006, o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró foi preso preventivamente na madrugada de ontem, no momento em que desembarcava no Rio de Janeiro. Ele só foi demitido da BR Distribuidora, uma subsidiária da petroleira, em março do ano passado, oito anos após a polêmica negociação de Pasadena. Quando foi surpreendido por agentes da Polícia Federal, no Aeroporto do Galeão, Cerveró regressava de Londres, onde passou natal e ano-novo com parte da família. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), “não há indicativos de que o esquema criminoso (na Petrobras) foi estancado”. A prisão acendeu o sinal de alerta no Palácio do Planalto, que teme novas revelações sobre o esquema de corrupção na Petrobras, investigado pela Operação Lava-Jato.

     

    Clique aqui e saiba mais…

    Fonte: CB

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here