Por práticas ilícitas, 550 servidores públicos foram expulsos pelo Governo federal em 2014

    0
    349

    “É tarefa da CGU ser implacável com aqueles que não andarem na linha”, afirma o ministro-chefe da Controladoria, Valdir Simão.

    O principal motivo das expulsões foi a comprovação da prática de atos relacionados à corrupção, com 365 das penalidades aplicadas ou 66% do total. Já o abandono de cargo, a inassiduidade ou a acumulação ilícita de cargos são fundamentos que vêm em seguida, com 126 dos casos. Também figuram entre as razões que mais afastaram servidores proceder de forma desidiosa e participação em gerência ou administração de sociedade privada.

     

    Clique aqui e saiba mais…

    Fonte: Portal do Servidor Governo Federal

     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here